18 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
21/11/23 às 11h41 - Atualizado em 21/11/23 às 11h43

Rede de drenagem da Avenida Alagados, em Santa Maria, passa por manutenção

COMPARTILHAR

Bocas de lobo e galerias de escoamento da principal via da cidade são reabertas e desobstruídas com jatos de água em alta pressão para garantir tranquilidade no período de chuvas
O nome da principal via de Santa Maria entrega um problema que por anos tirou o sossego dos moradores da cidade. A Avenida Alagados, com seus imponentes 11 km de extensão, ficou bastante conhecida pelas enchentes que chegavam junto com a temporada de chuva. Uma má fama que a Administração Regional da Cidade juntamente com o Governo do Distrito Federal trabalha para deixar no passado. A rede de drenagem da via está passando por uma grande operação de limpeza e recuperação. Desde o último dia 6, uma equipe de reeducandos da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), comandados pela Administração Regional de Santa Maria, tem atuado na desobstrução manual das bocas de lobo da avenida.

O trabalho ganhou reforço nesta semana com o caminhão hidrojato da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), que usa água em alta pressão para desentupir as galerias subterrâneas. Os cuidados que a rede de escoamento da Alagados tem recebido, segundo o administrador de Santa Maria, Josiel França, são inéditos.

“Pedimos para ter acesso a todos os projetos do sistema de drenagem da avenida para que pudéssemos conhecê-lo a fundo e, assim, resolver o problema de forma definitiva”, conta o gestor. “Descobrimos diversas bocas de lobo que estavam desativadas, completamente encobertas pela grama do canteiro central da avenida. Estamos recuperando todas elas”, completa.

De acordo com Josiel, foram encontrados também vários pontos de visita (PVs) obstruídos, o que impedia a água da chuva de ser lançada nas galerias de drenagem subterrâneas. “Além de limpá-los, estamos estudando a implantação de mais bocas de lobo em alguns pontos críticos, como no trecho que vai da Quadra 200 à 207”, afirma. “Esperamos que, com todas essas medidas, os alagamentos sejam reduzidos drasticamente”. O comerciante Pedro Vieira, 49 anos, está ansioso para ver os resultados da operação. Dono de uma loja às margens da avenida, o morador de Santa Maria já enfrentou muita chateação na época das chuvas.

“A pista ficava completamente alagada. A água não conseguia ser escoada porque a rede estava toda entupida. Atrapalhava os negócios e causava transtorno para os moradores da região”, comenta Pedro. “Eu nunca vi uma limpeza como essa antes. Acredito que esse serviço vai resolver o problema da via.” A dona de casa Cecília Moraes, 55 anos, também está otimista com os resultados da operação. “Moro aqui há mais de 30 anos e posso dizer que esta é a primeira vez que vejo tanto empenho em recuperar a rede de drenagem da Alagados”, garante. “Daqui a pouco, terão que trocar o nome da avenida, porque essa coisa de enchente vai ficar no passado”.

Mapa do site Dúvidas frequentes